Diferenças entre ducha de teto e de parede

Nos últimos anos as empresas de metais para banheiro, ou até mesmo cozinha, têm inovado bastante, tanto em design como nas tecnologias dos produtos. Hoje encontramos duchas com cromoterapia, diferentes pressões e vazão nos jatos e, principalmente, uma infinidade de modelos diferentes!

Ducha de teto com cromoterapia!

Ducha de teto com cromoterapia!

Ducha de teto com cascata!

Ducha de teto com cascata!

E hoje vou falar um pouco sobre as diferenças entre as duchas de parede e de teto.

Para quem não sabe, a DOKA tem modelos de ambas categorias – você pode conferir clicando aqui.

A primeira questão diz respeito a tubulação de saída de água, que precisa ser deslocada até o teto, se não se trabalhar com os modelos convencionais de parede. O processo de instalação na parede e no teto também é diferente e recomenda-se que o espaço de banho tenha forro de gesso para facilitar a fixação no teto.

Confira inspirações:

6

1

 

5

Além disso, as duchas de teto necessitam obrigatoriamente de um sistema de aquecimento solar ou de passagem na residência, não possuindo nenhuma tecnologia de aquecimento próprio. Por outro lado, os modelos de teto, além de serem mais modernos e apresentarem-se como um diferencial estético, também podem oferecer uma queda maior e com mais pressão d’água, assim como dão uma liberdade grande para o local de fixação dos registros e/ou monocomando, que em determinados projetos podem ficar fora do box ou em outro local de fácil acesso e funcional.

E para aqueles projetos de pé direito reduzido, a ducha de teto também pode ser uma ótima aliada!

4

Exemplo de projeto com pé direito reduzido e aplicação de ducha de teto, além da banheira!

Confira as opções mais adequadas para você e invista em um espaço de banho diferenciado e que lhe ofereça relaxamento e conforto!

Você não vai se arrepender!

COMENTÁRIOS, DÚVIDAS E AVALIAÇÕES

O seu endereço de e-mail não será publicado.